Acontece

I Fórum Nacional NUAVIDAS HCU/UFU

por Mariana Andrade Barcelos Rosa
Publicado: 14/11/2019 - 15:32
Última modificação: 18/11/2019 - 12:14

Entre os dias 12 e 14 de setembro de 2019, aconteceu, no Campus Umuarama da Universidade Federal de Uberlândia, o I Fórum Nacional do NUAVIDAS HCU/UFU “Feridas (in)visíveis da violência sexual: gente que sofre, rede que se movimenta”. Organizado por professoras da FAMED, do Instituto de Psicologia e da Faculdade de Direito que atuam no Núcleo de Atenção Integral a Vítimas de Agressão Sexual do Hospital de Clínicas da UFU, professores da Escola de Educação Básica (ESEBA) da UFU e professoras que trabalham na ONG SOS Mulher e Família de Uberlândia, o evento contou com a presença de profissionais de saúde e principais pesquisadores brasileiros envolvidos com a temática da violência sexual.

 

Durante os três dias do Fórum, aproximadamente 400 participantes tiveram a oportunidade de discutir os avanços e desafios relacionados ao cuidado integral a pessoas em situação de violência sexual por meio de mesas redondas, talk shows, oficinas e arte.

 

 

As mulheres em situação de violência sexual fizeram-se presentes por meio da representação de seus textos e falas no projeto “Fale com Elas”. Veja aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=nMuooxoRuSU;

https://www.youtube.com/watch?v=CKCzBlHdJpo&t=136s

 

Ainda durante o Fórum, ocorreu a 1ª Reunião dos serviços de aborto previsto em lei do Brasil, com a presença de profissionais de saúde das cidades de São Paulo/SP, Montes Claros/MG, Belo Horizonte/MG, Goiânia/GO, Fortaleza/CE, Campina Grande/PB, Manaus/AM, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Rio de Janeiro/RJ e Uberlândia/MG.

Todas as atividades resultaram em encaminhamentos de propostas para melhoria do cuidado integral a pessoas em situação de violência sexual no Brasil. As propostas serão desenvolvidas até o próximo Fórum, que deverá acontecer bianualmente na Universidade Federal de Uberlândia.

 

Confira mais fotos do evento na Central de Conteúdos/Imagens!

 

Redação por Helena Borges Martins da Silva Paro, coordenadora do Núcleo de Atenção Integral a Vítimas de Agressão Sexual do Hospital de Clínicas da UFU