Unidade Acadêmica

Histórico

O Curso de Medicina da Universidade Federal de Uberlândia surgiu como Escola de Medicina isolada criada em 1968, durante o grande período expansionista do Ensino Médico Brasileiro quando foram criadas 37 escolas num período de 7 anos. A idéia inicial de criar uma faculdade de medicina em Uberlândia surgiu no Hospital Santo Clara no ano de 1966, em conversas de médicos, como Dr. José Bonifácio Ribeiro, Dr. José Olímpio de Freitas Azevedo e Dr. Ismael Ferreira de Rezende. Eles a divulgaram aos vários colegas médicos da cidade e aos 9 dias do mês de junho de 1966 reuniram-se na Sociedade Médica de Uberlândia sob a presidência do Dr. Simão Carvalho Luz para dar início aos estudos para a implantação da Faculdade de Medicina.

Foi eleita uma Comissão coordenadora dos estudos de criação da Faculdade de Medicina de Uberlândia. Ocorreu um grande envolvimento e apoio da Sociedade local no sentido de ajudar a criação da Faculdade e inúmeras pessoas passaram a colaborar e também a fazer doações para a construção de escola. O terreno para a construção da Faculdade onde se situa hoje o Campus Umuarama foi doado pelo Sr. Rui Santos e a planta foi realizada e também doada pelo arquiteto Sr. Ivan Cupertino Rodrigues. O Hospital Infantil foi doado pela Loja Maçônica Luz e Caridade e o Ambulatório pelo Sr. Amélio Marques.

O nome escolhido foi Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia (EMECIU) e foi fundada oficialmente em 21 de julho de 1966, ficando constituída em Assembléia Geral, a “FUNDAÇÃO ESCOLA DE MEDICINA E CIRURGIA DE UBERLÂNDIA” (FEMECIU), nos termos do Art. 14 e seus membros fundadores que são também os instituitores, como sócios integrantes da FEMECIU. O primeiro Diretor da EMECIU foi Dr. Domingos Pimentel de Ulhôa, um de seus fundadores.

No dia 30 de dezembro de 1966 foram iniciadas as obras de construção da Escola, e no dia 8 de fevereiro de 1968 o Conselho Federal de Educação autorizou o seu funcionamento através do decreto nº 62261. No dia 19 de março de 1968 ela foi inaugurada pelo então Presidente da República Marechal Arthur da Costa e Silva. O primeiro vestibular ocorreu em abril de 1968 e a primeira turma formou em 1973 com 95 alunos.

O reconhecimento da Escola se deu pelo decreto nº 74.363 de 6 de agosto de 1974 e a partir deste, o Governo Federal passou a pagar os professores e os funcionários à exemplo do que fazia na Faculdade de Medicina de Santa Maria no Rio Grande do Sul. Isto ocorreu devido à uma lei aprovada pelo Presidente Costa e Silva de quando a Escola, que era totalmente particular, fosse reconhecida, seus funcionários seriam pagos pelo MEC.

No ano de 1975 foi firmado um convênio com o INPS através do MEC-MPAS que passou a pagar pelos atendimentos realizados no Hospital de Clínicas. Isto permitiu uma grande expressão da Escola de Medicina.

No ano de 1976 passou a integrar a Universidade de Uberlândia e em 1978 tornou-se Federal, com a federalização da Universidade. Neste ano de 1978 ela deixou de existir como Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia, passando a ser Curso Médico do Centro de Ciências Biomédicas da Universidade Federal de Uberlândia, tendo permanecido assim até dezembro de 1999, quando entrou em vigor o novo Estatuto da Universidade.
 

  Fundação Escola de Medicina e Cirurgia de Uberlândia - Membros Fundadores, conforme Art. 14 da Assembléia Geral de 22/06/1966
Dr. Adelmo de Oliveira Campos Dr. José Olympio de Freitas Azevedo
Dr. José de Alencar Carneiro Dr. André Fonseca Ferreira
Prof. Dr. Josias de Freitas Dr. Salim Tannús
Dr. Ademar de Freitas    Osvaldo de Oliveira
Dr. José Marçal Ferreira Dr. Bolivar Carneiro
Orozimbo Francisco Fernandes Cícero A Diniz
Dr. Wilson Galvão Dr. Délio Menecucci
Dr. Ismael de Freitas    Dr. Eduardo Maurício Mineiro
Dr. Domingos Pimentel de Ulhôa Valdemar Silva
Adalberto Testa    Dr. Ubaldo Naves
Dr. Arnaldo G. de Souza    Dr. Sebastião Machado
Célio Leão Borges Dr. Francisco V. da Mota
Dr. Genésio de Melo Pereira Dr. Manoel Crosara
Virgílio Galassi            Dr. Paulo Ferreira Diniz
Dr. Branly M. de Oliveira Dr. Renado de Oliveira Grama
Antônio Tomás de Rezende Antônio Fernandes de Oliveira
Dr. Hermilon Corrêa Dr. Alyrio de Moraes
Paulo Regis da Silva Dr. Edmundo de Souza
Guiomar de Freitas Costa Antônio Martins da Silva
Nicomedes Alves dos Santos Dr. João Fernandes de Oliveira
Dr. Honorato Vieira de Carvalho    Alair Martins do Nascimento
Cônego Durval Gomes Garcia Afrânio Francisco de Azevedo
Dr. Rondon Pacheco Nelson Grama
Dr. Ismael Ferreira de Rezende José Borges da Silva
Dr. Homero Santos Dr. José Carneiro
Geraldo Migliorini    Dr. Ruy Cotta Pacheco
Dr. José Bonifácio Ribeiro Natal de Oliveira Marquez
Raul Pereira de Rezende    Luiz de Freitas Costa
Dr. Simão C. Luz Antônio Luiz Bastos
Dr. Renato de Freitas    Dr. Fausto Gonzaga de Freitas
Dr. João Patrús de Souza João Naves de Ávila
Dr. Waldir Melgaço Barbosa João Rodrigues de Castro
Benedito Modesto de Souza Dr. Osvaldo Afonso Borges